Macron promete reconstruir Notre-Dame em cinco anos

O presidente francês, Emmanuel Macron, decidiu adiar o discurso, previsto para esses dias, no qual ele deveria anunciar medidas de seu governo após as várias semanas do Grande Debate Nacional. No lugar disso, ele preferiu se concentrar somente no incêndio da Notre-Dame de Paris em sua fala ao vivo nesta terça-feira (16). O chefe de Estado elogiou o trabalho dos bombeiros, pediu aos franceses calma e união após a tragédia e prometeu uma reconstrução da catedral “ainda mais bonita” dentro de cinco anos.

A previsão de uma reconstrução da Notre-Dame em cinco anos foi o grande destaque da curta fala de Emmanuel Macron, que durou apenas 6 minutos. O presidente francês afirmou que esse não era o momento de fazer o anúncio das medidas governamentais que estavam previstas, ressaltando o luto pelo monumento, informa o MSN.

“Após esse desafio, virá a reflexão e a ação. Não podemos misturar essas etapas. Não podemos cair na tentação da pressa”, disse Macron. “Eu conheço todas as pressões, a impaciência de querer agir a todo instante, fazer os anúncios que estavam previstos. Como se estar no comando de um país não passasse de mera administração de algumas coisas e não significasse também ser consciente de nossa história, do tempo, dos homens e mulheres.”

O chefe de Estado lembrou que a França teve vários outros monumentos queimados ao longo da história, que foram reconstruídos, e pediu a ajuda de todos para enfrentar a tragédia. “Os parisienses se confortaram, os estrangeiros choraram, os jornalistas escreveram, os escritores sonharam, os fotógrafos mostraram ao mundo essa imagem terrível. Todos fizeram o que puderam, cada um desempenhando seu papel”, afirmou Macron, descrevendo o drama da segunda-feira (15).

“Esse é o momento de nos tornarmos melhor do que nós somos. É preciso reencontrar a linha de nosso projeto nacional, que nos uniu. Franceses e estrangeiros que amam a França e Paris, eu compartilho sua dor e também sua esperança”, concluiu o chefe de Estado.

16/04/2019

(Visited 2 times, 1 visits today)